Como montar uma loja? Escolha do tipo de empresa

 

 

Você está pensando em montar uma loja, mas não sabe por onde começar?

Para montar uma loja é necessário pensar muito bem antes de formalizar o negócio

 
No texto Como montar uma loja? Nós colocamos em linhas gerais vários aspectos que precisam ser bem pensados antes de colocar a mão na massa!

  • Pensar sobre qual o melhor ramo de negócio dentro da sua experiência;
  • Onde será localizada a loja?
  • A formalização da empresa
  • Fornecedores e estoque
  • O ramo de atividade
  • Como atrair clientes

 

Agora vamos começar a nos aprofundar nos temas em questão. O primeiro deles será a formalização da empresa, especificamente sobre o quadro de sócios da empresa.

 

O que é empresa?

Conforme lição do Professor Fabio Ulhoa Coelho,  “conceitua-se empresa como sendo atividade, cuja marca essencial é a obtenção de lucros com o oferecimento ao mercado de bens ou serviços, gerados estes mediante a organização dos fatores de produção (força de trabalho, matéria-prima, capital e tecnologia).”

Para montar uma empresa, você precisará decidir se terá sócios.
 

O que é sociedade?

Sociedade é um contrato plurilateral (que possui várias partes envolvidas – os sócios), onde duas ou mais pessoas, reciprocamente se obrigam a contribuir com bens ou serviços para o exercício de determinada atividade econômica, e a partilha dos lucros correspondentes entre os sócios.
 

Vale à pena ter um sócio?

Toda sociedade tem pontos positivos e negativos.

Ter alguém para te ajudar a administrar o negócio e dividir as responsabilidades é, sem dúvida, um ponto positivo. Mas precisa ser alguém em quem você tenha confiança senão, além de se preocupar com o dia a dia da loja, ainda terá que ficar controlando seu sócio. Aí não dá, certo?

Outra vantagem de ter um sócio é na hora do investimento… Você sabe que terá que fazer um investimento, e que ele começará a dar retorno somente um tempo depois. Assim, um sócio que ajude nos investimentos, ou que assuma essa parte enquanto você entra com seu conhecimento e mão de obra, pode ser realmente fundamental para dar o pontapé inicial na montagem da loja física.

Por outro lado, é muito comum em sociedades que comecem a se intensificar as brigas, discordâncias em relação às estratégias, ou ainda com relação à carga de trabalho de cada um. Isso pode se tornar um grande problema e, muitas vezes, chega até a levar à dissolução do negócio.

Assim, pense bem antes de sair convidando pessoas para serrem suas sócias, ok?
 

Na hora de montar uma loja, vale à pena ter sócios?
 
 

Para escolher seu sócio, faça as seguintes perguntas:

  • O que é mais forte: a capacidade dessa pessoa de gerir um negócio ou minha conveniência (não precisar procurar muito, somos amigos, somos família, etc)
  • Qual a experiência que esse futuro sócio possui nesse ramo de negócios? Qual o seu conhecimento nesse mercado?
  • Qual o capital que essa pessoa poderá investir?
  • Em outras experiências de trabalho, essa pessoa demonstrou corpo mole, está sempre procurando encrenca, se justificando? Isso não é bom…
  • Esse futuro sócio tem a mesma visão de negócio que você?
  • De que maneira essa pessoa pode contribuir para tornar sua loja melhor?

 

Vamos então pensar nos tipos de sociedade que podem ser estabelecidas e quais as vantagens e desvantagens de cada uma, especialmente com as alterações do Código Civil em 2002.

Primeiro você precisará optar pelo tipo de sociedade:

Segundo Ana Carolina Salgado Katayama Kido, advogada especialista em Direito Tributário (escritório Kido Contábil), existem vários tipos de sociedade, mas as que interessam a você que está querendo montar uma loja são:

 

 

SOCIEDADE SIMPLES PURA:

Consiste na sociedade adequada àqueles que pretendem explorar atividade econômica conjuntamente. Presta-se bem, por sua simplicidade e agilidade, às atividades de menor envergadura. É o tipo de sociedade voltada para profissionais liberais e prestadores de serviços, para o exercício de atividade intelectual, de natureza artística, literária ou científica. São constituídas para que os sócios possam desenvolver melhor os seus serviços. É o tipo societário adequado, por exemplo, aos pequenos negócios, comércios ou prestadores de serviços não-empresários (isto é, que não exploram suas atividades empresarialmente), aos profissionais liberais (à exceção dos advogados, cuja sociedade tem disciplina própria na Lei nº 8.906, de 4 de julho).

Mas atenção: elas possuem responsabilidade ilimitada de seus sócios, ou seja, os bens pessoais dos mesmos respondem por eventuais dívidas da companhia.

 

SOCIEDADE SIMPLES LIMITADA (empresária):

É o tipo de sociedade voltada para a atividade econômica organizada para a produção e circulação de bens ou serviços. Este tipo de sociedade se dá entre um ou mais sócios, que se reúnem para determinado fim comercial e seus contratos sociais devem ser registradas na Junta Comercial do determinado Estado dos empreendedores. É esse tipo de sociedade que vai interessar a você, que pretende montar uma loja. No caso desta sociedade, eventuais dívidas são suportadas pelas forças da própria empresa, não alcançando o patrimônio dos sócios.

 

SOCIEDADE LIMITADA – CÓDIGO CIVIL 2002

Nesta sociedade, cada sócio tem uma responsabilidade exclusiva que varia de acordo com o valor das quotas. Porém, todos respondem solidariamente no contrato social. A sociedade limitada permite que a responsabilidade dos sócios se limite ao valor do capital social, ou seja, se a sociedade contrair dívidas que sejam maiores do que o valor indicado no contrato social, o patrimônio pessoal dos sócios não será atingido.

Atualmente, o Código Civil reservou vários atos solenes como assembleias para deliberações diversas, aproximando esta sociedade das grandes e complexas corporações.

 

 

Bom, neste texto nós quisemos trazer o tema do tipo de sociedade para você ter uma noção das possibilidades na hora de abrir sua loja. Mas o correto é você consultar um contador, que irá te ajudar em todo esse processo de constituição da empresa.

 

Para escrever esse texto (e os próximos também) nós contamos com a ajuda de um escritório de contabilidade que está estabelecido há muitos anos no mercado e possui prática suficiente para conseguir dirimir todas as nossas (e as suas) dúvidas em relação à formalização de lojas físicas: Kido Contábil. (www.kidocontabil.com.br)

Share

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2017 BLOG – PWI Sistemas e Web Design - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio

Share