Como um sistema pode te ajudar no controle de estoque

Sistema de frente de loja Vixen. O melhor sistema para manter o controle total da sua loja e do estoque

 

Estoque Mínimo, também chamado de estoque de segurança, é a quantidade mínima que deve existir em estoque, para manter ininterrupto o fluxo de venda e/ou consumo.

Deve-se ter bastante critério e bom senso ao dimensionar o estoque de segurança. Nunca esquecer que ele representa capital empatado e inoperante.

Gestão de estoque. Valorização do estoque

 

Na prática, para se estabelecer o estoque mínimo de cada produto ou material é necessário saber:

  • Consumo no decorrer dos dias (como experiência, faça um gráfico mensal)
  • Tempo necessário para novos itens estarem disponíveis em estoque
    • Prazo para requisição e compra (interno)
    • Prazo de entrega oferecido pelo fornecedor
    • Prazo para conferência e reposição no estoque (interno)

Assim, sabendo qual a periodicidade de vendas e/ou consumo e o tempo para reposição, será possível definir qual a quantidade mínima que o empreendimento deve possuir em estoque.

Bom, seria ótimo se o dia a dia fosse assim… Só que não!

Na prática, o que acontece é que alguns itens podem ser inutilizados por quebras, os fornecedores muitas vezes não entregam as mercadorias no prazo, falta de produtos no mercado… Enfim, é necessário também trabalhar com uma margem de segurança.

Essa margem de segurança do estoque está intimamente ligada, por um lado, ao risco que a empresa está disposta a assumir; por outro, à disponibilidade de recursos financeiros para ficarem parados nesse investimento.

O controle através de planilhas ajuda na administração do empreendimento, mas está muito sujeito a erros, seja devido à erros de digitação ou à falta de tempo de atualizar todas as planilhas necessárias.

Para saber mais sobre inventário de estoque, clique aqui!

Um negócio que goste de trabalhar de maneira bem estruturada e sem surpresas deve investir em sistemas que permitam avaliar sempre que necessário e de maneira rápida a frequência de vendas de um determinado produto, verificar a quantidade em estoque e emitir alertas para não gastar mais tempo do que o necessário da equipe administrativa.

 

 

Como fazer reposição de estoque eficiente e do jeito certo

FacebookTwitterGoogle+

Heloisa Gaspar

Analista de SEO como profissão; Motociclista por opção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


2 + cinco =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>