Impressão dos códigos CEST e NCM – Convênio ICMS 25/2016

Sistema de frente de loja Vixen. O melhor sistema para manter o controle total da sua loja e do estoque

 

 

Entrará em vigor a determinação do Convênio ICMS 25/2016, que torna obrigatória a impressão do código CEST (Código Especificador da Substituição Tributária) e NCM/SH (Nomenclatura Comum do Mercosul – Sistema harmonizado) na descrição do item no Cupom fiscal.

Conforme publicação de 05/07/2017 do Portal da Nota Fiscal eletrônica (http://www.nfe.fazenda.gov.br ), os prazos de obrigatoriedade do código CEST são:

  • 01/07/2017 – Para Indústrias e importadoras
  • 01/10/2017 – Para atacadistas
  • 01/04/2018 – Demais segmentos

 

 

CONVÊNIO ICMS 25, DE 8 DE ABRIL DE 2016

Publicado no DOU de 13.04.16

 

Obriggações fiscais. Inclusão de código CEST e NCM na nota fiscal eletrônica (NFE)

 

Altera o Convênio ICMS 09/09 que estabelece normas relativas ao equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e ao Programa Aplicativo Fiscal-ECF (PAF-ECF) aplicáveis ao fabricante ou importador de ECF, ao contribuinte usuário de ECF, às empresas interventoras e às empresas (mais…)

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais

Fechamento de caixa, a conta não está batendo?

Se as contas não estão batendo no final do expediente é sinal que alguma coisa está muito errada!

 

Sistema pdv - Fechamento de caixa

 

Um estabelecimento comercial que tem o objetivo de vender não pode se dar ao luxo de perder dinheiro, certo? Por isso mesmo é que a operação de fechamento de caixa deve ser realizada com seriedade e muito cuidado!

FECHAMENTO DE CAIXA significa verificar se o valor presente no caixa (dinheiro, cheques, comprovantes de operações com cartões, vales, vouchers, etc) confere com todas as movimentações realizadas durante o período em apuração (compra, venda, repasses financeiros e pagamentos) realizadas durante o expediente de trabalho.

 

Para evitar defasagens no fechamento do caixa é necessário que a empresa possua uma metodologia de trabalho, porque quando as falhas no registro das transações financeiras não são sanadas a tempo podem surgir problemas maiores.

Para que a empresa tenha um maior controle de seu fluxo de caixa, além do fechamento do caixa, é importante (mais…)

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais

Inventário de estoque – Muito cuidado nessa hora!

Sistema de frente de loja Vixen. O melhor sistema para manter o controle total da sua loja e do estoque

O estoque de uma empresa é uma das fontes de recursos mais importantes para o negócio como um todo, isso porque a comercialização de seus produtos é a fonte de lucro de empresa. Por isso, ter uma contabilidade precisa dos produtos que estão estocados, sua organização e a melhor distribuição desses itens são iniciativas que podem gerar um alto impacto financeiro em seu negócio, aumentando a rentabilidade e otimizando processos.

Por outro lado, a falta de controle de estoque certamente vai influenciar (mais…)

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais

Loja virtual ou loja física? Por onde começar?

Está na dúvida se monta uma loja virtual? Ou uma Loja física? Ou ambas?

Não sabe muito bem se conseguirá gerenciar conjuntamente as duas?

Pois vou lhe dizer que isso é perfeitamente possível e, por sinal, uma prática bastante complementar. Mas não se engane em pensar que poderá reunir seus esforços em apenas uma das frentes, deixando a outra apenas “coexistindo”.

Os investimentos e os esforços necessários à implementação de cada uma são completamente diferentes, tanto na criação, quanto na manutenção da loja. Mas ambas carregarão sua marca, podendo, então, agregar tanto valores positivos, quanto negativos ao seu negócio.

O caminho mais comum é aquele lojista que inicia seu negócio com uma loja física e busca em um E-commerce uma vitrine virtual para sua marca, tentando desta maneira complementar suas vendas com alguns aspectos importantes a serem ressaltados: uma loja virtual permite funcionamento 24hs por dia, 7 dias da semana; não impõe limite de alcance, podendo chegar muitas vezes a atingir um público do mundo inteiro;  permite que pequenas empresas concorram com equilíbrio com grandes corporações e, por fim, fortalece e moderniza a marca abrangendo também um público que nem sempre tem o hábito de frequentar lojas físicas.

Loja virtual x Loja física
Loja virtual x Loja física: onde investir?

Mas é preciso que se tenha com clareza que a operação de uma Loja Virtual é completamente diferenciada, tangenciando a operação de uma loja física somente no aspecto gerencial (contábil, controles internos, financeiros e estoque). Todos os outros processos devem ser redefinidos, inclusive, o próprio processo comercial (compra, venda, logística interna, transporte e logística reversa).

Decidido então pela abertura da Loja Virtual, alguns cuidados devem ser tomados para que, como eu citei no início deste artigo, o seu e-commerce não apenas coexista, mas sim, complemente o sucesso de sua loja física:

  • Atente para a identidade visual de sua marca, os padrões devem ser os mesmos nos dois ambientes. Para isso, talvez valha a pena não diversificar muito seus fornecedores de peças gráficas;
  • Mantenha os estoques alinhados. Caso algum produto seja de venda exclusiva para algum dos canais, mantenha essa informação de maneira clara: é muito chato quando visualizamos um produto no e-commerce, mas optamos pela compra na loja física (situação muito mais comum do que se imagina). Ao chegar na loja, no entanto, descobrimos que o produto pertence somente ao canal virtual;
  • As promoções não precisam necessariamente coincidirem. Mas atenção ao informá-las para que não haja confusões do tipo “vi no site que este produto estava com 10% de desconto, mas chegando aqui na loja só o encontro com o preço cheio”. Seja coerente nas ofertas de promoções e saiba definir as exclusividades para cada canal de maneira auto-explicativa;
  • Muitas vezes, os clientes que vão até sua loja física, simplesmente desconhecem o canal virtual e a possibilidade de comprar sem sair de casa. Introduza essa mídia de forma a expandir a divulgação de sua marca. Se necessário, abuse de promoções para a primeira compra no site. Mas atenção: não deixe de cuidar para que o cadastro deste cliente seja único em seu sistema, caso contrário, o mesmo poderá ter problemas tanto ao se cadastrar em seu e-commerce, quanto no momento de fazer uso de seu desconto concedido.

Qualquer que seja a frente onde vá investir, cuide para que seus clientes sejam, além de satisfeitos, fidelizados e convertam suas visitas em compras. Planeje!

 

E lembre-se: a PWI oferece a melhor solução em integração de lojas físicas e virtuais. Venha nos conhecer!

Loja virtual PWI Store

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais

Os principais benefícios do ERP para PME (Pequenas e Médias Empresas)

Empreender requer planejamento, alocação de recursos, projeto e metas. Ocorre que grande parte das pequenas empresas brasileiras começa como um negócio informal, muitas vezes do trabalho de uma pessoa que, através de empenho e seriedade, consegue expandir seus horizontes e ganhar confiabilidade nesse mercado tão competitivo. Surge daí a necessidade da formalização. (mais…)

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais

O que é sistema ERP?

Tão na moda ultimamente… empresas procurando formas para melhorarem seus processos e controles; pessoas comentando sobre como esses sistemas ajudaram o entendimento e desenvolvimento de suas empresas… mas você sabe o que é sistema ERP?

 

ERP é uma sigla derivada do nome Enterprise Resource Planning que, traduzido ao pé da letra, significa “Planejamento dos recursos da empresa”.

O que é sistema ERP?

ERPs são que softwares que integram todos os dados e processos de uma organização em um único sistema.

(mais…)

FacebookTwitterGoogle+

Leia Mais